Parcelamento 6x

Novidade no Grupo Bahamas! Parcele suas compras em até 6x sem juros com o Bahamas Cred

Agora, os clientes Bahamas Cred podem dividir suas compras em até 6x sem juros! Solicite seu cartão e aproveite a condição.

O que já era bom ficou melhor! Agora, os clientes Bahamas Cred podem parcelar suas compras em até 6x sem juros, em qualquer loja do Grupo Bahamas!

A divisão do valor é permitida quando há parcelas a partir de R$ 60,00.

Já para os clientes com cartões de crédito de outras bandeiras, o parcelamento permitido é em até 3x – com parcela mínima de R$ 40,00.

Com essas novidades, pretendemos melhorar as suas condições de pagamento e facilitar as suas compras no Grupo Bahamas. Está esperando o que para visitar uma de nossas lojas?

Peça seu Bahamas Cred!

Ainda não é cliente Bahamas Cred? Não perca tempo e garanta hoje essa condição exclusiva.

Além do parcelamento em até 6x, o Bahamas Cred é aceito em mais de 14 milhões de estabelecimentos e oferece inúmeros benefícios aos clientes.

Clique aqui para solicitar o seu cartão e conheça um mundo de possibilidades!

Veja mais: confira as principais ofertas das lojas do Grupo Bahamas

Aprenda a fazer planilha de gastos mensais

Você tem costume de fazer o controle dos seus gastos? Muitas pessoas podem achar essa prática desafiadora, e, de fato, não ter uma ideia do que fazer para organizar as finanças deixa qualquer um perdido.

Por isso, hoje, o Bahamas Cred trouxe um assunto que ajudará você a dar um passo muito importante na sua educação financeira. Conheça a planilha de gastos, suas funções e como montá-la. Boa leitura!

O que é a planilha de gastos?

A planilha de gastos é um documento que enumera e organiza todas as despesas da casa. Ela pode ser feita no papel ou em formato digital, utilizando programas como o Excel. O importante é que ela ajude você a enxergar como o seu dinheiro é gasto para que você crie estratégias de economia e investimento.

Quais são as funções da planilha?

Como já dissemos, a principal função da planilha é fazer você entender o fluxo do seu dinheiro para que as contas fechem no fim do mês, além de ajudar a identificar, previamente, gastos excessivos. Veja outras funções:

Estratégia de redução de gastos

Com a visão ampla dos seus gastos, você consegue identificar quais são as áreas que mais afetam o seu orçamento. Com essa informação, é possível traçar táticas para redução do consumo. Por exemplo: se você faz suas refeições na rua, será que não ficaria mais em conta prepará-las em casa? Ou se você contratou algum serviço de streaming para assistir a uma série específica e nunca mais utilizou, será que vale a pena mantê-lo? A planilha auxilia no esclarecimento desses questionamentos.

Incentivo a investimento

Realizando essas reduções de gastos, você saberá quanto dinheiro sobra, certo? A partir disso, você poderá pensar em investir esse valor. Estude bem suas opções e faça seu dinheiro render mais.

Controle de metas

Sempre que falamos de educação financeira, citamos as metas de curto, médio e longo prazo. A planilha de gastos também é ótima nesse quesito. Isso porque, por meio dela, você consegue assimilar se essas metas estão sendo atingidas e adaptar os seus planos caso algo esteja saindo do previsto.

Como fazer uma planilha de gastos?

Agora que você já entendeu o que é e quais são as funções e as vantagens da planilha de gastos, vamos ao que interessa. Confira como preparar a sua!

Liste os meses do ano

O primeiro passo é listar todos os meses do ano na planilha.

Especifique sua renda e suas despesas

Você poderá incluir diversos campos na sua planilha, de acordo com a sua realidade. Mas os principais são:

  • Gastos com moradia: aluguel e contas de água, luz, gás, internet e telefone.
  • Alimentação: supermercado, padaria, restaurante.
  • Saúde: planos, consultas, exames, academia e remédios.
  • Gastos pessoais: roupas e acessórios.
  • Lazer e bem-estar: viagens, gastos com TV e internet, serviços de streaming, gastos do fim de semana.

 

Não se esqueça de considerar o valor mensal das despesas anuais, por exemplo: IPVA, IPTU, seguros, matrícula e material escolar.

 

Analise mensalmente a sua planilha

Faça as comparações dos gastos de cada mês e estude as variações. Dessa forma, você consegue adaptar algumas despesas para que não fique pesado em meses específicos.

 

E os gastos inesperados?

Faça uma análise desses gastos inesperados. Será mesmo que eles não são previsíveis? Vamos considerar festas de aniversários, refeições e presentes em datas específicas. Isso tudo deve ser levado em conta, e esses gastos não são tão imprevisíveis assim, não é mesmo?

Mas, claro, algumas despesas de fato acontecem, como manutenção da casa ou do carro. Para ajudar com isso, monte uma reserva de emergência. Esse é um valor guardado em uma aplicação segura, justamente para ser utilizado nesses momentos de aperto.

Gostou do conteúdo? Continue ligado em nosso blog, pois estamos sempre postando dicas superinteressantes de educação financeira. E não se esqueça de seguir a gente nas redes sociais.